Contatos:

Fone/Fax: (66)34941071
E-mail: sjp.ee.ludovicov.camargo@seduc.mt.gov.br

Fachada da Escola

Fachada da Escola
Ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo.
"Paulo Freire"

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Aposentados e pensionistas ganham mais tempo para se recadastrar

Os aposentados e pensionistas servidores do Governo do Estado de Mato Grosso, pertencentes à primeira fase do recadastramento, ganharam mais um tempo para realizar o processo. Aqueles com iniciais do nome de “A” a “H”, cujo prazo para fazer a prova de vida terminou nesta quarta-feira (25), poderão concluir o procedimento a partir da próxima terça-feira, dia 31 de março. Nesta quinta-feira (26) tem início a segunda fase, que segue até o dia 30 de abril. 
Até esta quarta, 30,8% do total de 10.803 pessoas da primeira fase ainda não haviam procurado uma agência do Banco do Brasil para fazer o registro. Caso o recadastro não seja feito, o benefício será suspenso pelo Governo Estadual. 
No total, 27.577 pessoas devem procurar as agências do Banco do Brasil para provar que ainda fazem parte do quadro estadual de servidores. Nesta quinta-feira, aqueles com iniciais de “I” a “Z” devem se encaminhar às agências bancárias para fazer a prova de vida. 
Para se recadastrar, os aposentados e pensionistas devem comparecer ao Banco do Brasil munidos da seguinte documentação ORIGINAL: comprovante de residência atualizado, cédula de identidade – RG ou documento oficial de identificação com foto e número de RG, CPF, certidão de nascimento ou certidão de casamento, termos de tutela, curatela e guarda, quando for o caso. 
Horário especial 
As agências do Banco do Brasil em Mato Grosso estão atendendo este público em horário especial, abrindo a partir das 8 horas e seguindo até as 16 horas. Nas demais agências brasileiras, o recadastramento deve ser realizado em horário de expediente bancário local. 
Aqueles que residem fora do país deverão procurar as respectivas embaixadas e/ou consulados, informando a necessidade de efetivar prova de vida para fins de recadastramento e manutenção da aposentadoria ou pensão, para a emissão de declaração de vida que deverá ser encaminhada à Secretaria de Gestão. 
Os que estiverem detidos em estabelecimento carcerário deverão encaminhar à Secretaria de Estado de Gestão, também até o dia 30 de abril, um atestado de permanência carcerária em papel timbrado, expedido pela instituição na qual estiver. 
O aposentado ou pensionista que residir em Mato Grosso e estiver impossibilitado de se locomover deverá agendar visita domiciliar, através do número 0800-647-3633, informando o nome completo, endereço completo e telefones de contato. Além disso, é obrigatório o envio, via Correios, de um atestado médico que comprove a condição alegada. A visita domiciliar está condicionada ao recebimento do atestado. 
Aqueles que moram no Brasil, mas fora do estado de Mato Grosso, e estiverem impossibilitados de comparecer a uma agência do Banco do Brasil, deverão encaminhar à Secretaria de Gestão uma declaração de vida, via Correios, feita em cartório. 
Em todas as situações apresentadas até agora, o aposentado ou pensionista deverá (após o envio da declaração/certidão) manter contato com a Seges, para fins de comprovação da efetivação da prova de vida e recadastramento. 
Documentação 
Os documentos, atestados e certidões, em casos de necessidade, deverão ser endereçados para: 
Secretaria de Estado de Gestão – MT-PREV. 
Endereço: Centro Político Administrativo – bloco III – (antiga Superintendência de Previdência) – CEP: 78050-970

Fonte :http://www.gestao.mt.gov.br/index.php?pg=ver&id=2164&c=38

Prazo para recadastramento de servidores ativos termina nesta 6ª

O recadastramento dos servidores ativos do Governo de Mato Grosso termina nesta sexta-feira (10) e, até esta quinta (09), 98% já haviam iniciado o procedimento, sendo que 89% concluíram. Os demais têm código gerado para finalizar o processo e precisam entrar no site da Secretaria de Gestão até as 23h59 de amanhã.

Segundo levantamento da equipe de monitoramento da Seges, 1.155 servidores, o que corresponde a 2% do total, sequer deram início ao recadastro e poderão ter o salário suspenso nos próximos meses.

Também foram inclusos ao recadastramento 1.440 empregados de empresas públicas, chegando ao total de 49.232 pessoas. Destas, 215 ainda não concluíram o recadastramento.

Para realizar o recadastro, o sistema está disponível via internet, no site www.gestao.mt.gov.br. O processo é dividido em duas etapas: na etapa “Vínculos”, haverá a solicitação do código validador de assiduidade. A partir disso começa a fase presencial do recadastramento.

O servidor deve fazer download da Declaração de Efetivo Exercício e entregar para seu chefe imediato a quem competirá solicitar o código validador de assiduidade para o servidor poder concluir o seu recadastramento.

Após a validação do código, o servidor deve prosseguir com o cadastro. O ambiente construído para gerar o código validador de assiduidade possui altos parâmetros de segurança, gerando apenas um código pessoal por servidor.

Os servidores e empregados públicos em afastamento ou licença também devem fazer o recadastramento. A diferença, nestes casos, é que a Declaração de Efetivo Exercício deverá ser entregue na unidade de gestão de pessoas de seu órgão de origem, a quem competirá confirmar a regularidade do afastamento ou licença e liberar o código validador de assiduidade.

Estão desobrigados da atualização cadastral deste ano os servidores e empregados públicos que ingressarem no serviço público estadual a partir de janeiro. 

Fonte: http://www.gestao.mt.gov.br/index.php?pg=ver&id=2190&c=38


sexta-feira, 6 de março de 2015

Seduc abre matrículas para o Profuncionário




As Superintendências de Formação dos Profissionais da Educação Básica e de Diversidades Educacionais, da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), comunicam aos servidores efetivos e contratados da rede educacional de Mato Grosso e dos municípios que estão abertas as matrículas para o curso Profuncionário.
Estão sendo oferecidas vagas para duas modalidades da formação – Presencial e online -. A primeira com aulas 60% presenciais e 40% online ofertadas nos Centros de Educação de Jovens e Adultos (Cejas). Neste caso, o interessado deve procurar o Centro mais próximo da residência.
Também são oferecidas vagas o Profuncionário online, que compreende 80% online e 20% presenciais. Para esta formação, o candidato deve fazer a sua pré-matrícula no Profuncionário Online da Seduc (2014-2016). O atendimento, nesta formação específica, será nas instituições credenciadas e Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapros).
Os cursos técnicos do Profuncionário têm como objetivo formar profissionais capazes de contribuir com o desenvolvimento da escola, observando os princípios norteadores das Diretrizes Curriculares Nacionais.

Fonte:(www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Seduc-abre-matrículas-para-o-Profuncionário-.aspx)